VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

PARTICIPE TAMBÉM DESTE SITE!

MAIS DE 2.000.000 ACESSOS. Muito obrigada, de coração!

ESTE É UM DOS MELHORES E MAIORES BLOGS DE PORTUGUÊS

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

DUPLA GRAFIA: BÊBEDO OU BÊBADO, ENFARTE OU ENFARTO?

aluguel ou aluguer, bebedo ou bebado, assobiar ou assoviar, cota ou quota
A padronização da língua leva a uma generalização estigmadora de variantes que fazem parte de nosso vocabulário e estão incluídas na norma culta. Não é o caso, por exemplo, de imbigo e umbigo. Aproveitando o exemplo podemos citar embigo, que existe, é parte do...


A padronização da língua leva a uma generalização estigmadora de variantes que fazem parte de nosso vocabulário e estão incluídas na norma culta.
Não é o caso, por exemplo, de imbigo e umbigo. Aproveitando o exemplo podemos citar embigo, que existe, é parte do idioma e pouquíssimo usada, porque confundida com o primeiro termo, imbigo, inexistente no português.

GOSTOU? COMPARTILHE

Temos várias palavras que podem ser escritas de duas formas, sem que nenhuma delas esteja errada, ou seja, não se pode confundir as exceções da língua que admitem a dupla grafia com erro.

É o caso de:

abdome e abdômen
abóbada e abóboda
aborígene e aborígine
afeminado e efeminado
aluguer e aluguel
amígdala e amídala
arrebitar e rebitar
arrebentar e rebentar
arteriosclerose e aterosclerose
aterrissar e aterrizar
assobiar e assoviar
babador e babadouro
bêbedo e bêbado
bebedouro e bebedor
berinjela (Brasil) e berinjela (Portugal) *
berruga (informal) e verruga
biscoito e biscoito
botijão e bujão
caatinga e catinga
câibra e câimbra
camionete e caminhonete
catorze e quatorze
cociente e quociente
cota e quota
cotidiano e quotidiano
cumular e acumular
debulhar e desbulhar
dependurar e pendurar
descarrilar e descarrilhar
diabetes e diabete
dignitário e dignatário
doceria e doçaria
entonação e entoação
estada e estadia
flauta e frauta
flecha e frecha
garagem e garage
hidrelétrica e hidroelétrica
infarto e infarte; enfarte e enfarto
laje e lajem
loiro e louro
listra e lista
maquiagem e maquilagem
mobiliar e mobilhar
nenê (em Portugal, nené) e neném
octacampeão e octocampeão
percentagem e porcentagem
rasto e rastro
reescrever e rescrever
réptil e reptil
seriíssimo e seríssimo
subumano e sub-humano
taberna e taverna
tataraneto e tetraneto
televisionar e televisar
termelétrica e termoelétrica
terraplenagem e terraplanagem
toicinho e toucinho

trecentésimo tricentésimo
voleibol volibol
xucro e chucro

DEIXE SEU COMENTÁRIO. SEMPRE É POSSÍVEL MELHORAR

 

Gostou? Comente, compartilhe, inscreva-se para receber publicações.

Não gostou? Comente. Seu comentário ajudará a mim e àqueles que lerão o texto depois de você.

Me redimo de qualquer deslize, agradeço e tentarei ser melhor, da próxima vez. 


 Obrigada pela visita!

QUER RECEBER DICAS? SIGA O BLOG. 

SEJA LEAL. NÃO COPIE, COMPARTILHE.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Respeite o direito autoral.
Gostou? Clique, visite os blogs, comente. É só acessar:

CHAPÉU DE PRAIA

MEU QUADRADO

"CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS
PRODUÇÃO JURÍDICA
JUIZADO ESPECIAL CÍVEL (O JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS)

e os mais, na coluna ao lado. Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.
Um abraço!
Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week! 

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Esteja a vontade para comentar, criticar, elogiar ou enviar sugestões.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog