VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

PARTICIPE TAMBÉM DESTE SITE!

MAIS DE 1.820.000 ACESSOS. Muito obrigada, de coração!

ESTE É UM DOS MELHORES E MAIORES BLOGS DE PORTUGUÊS

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

OBJURGAR, OBJURGAÇÃO, OBJURGOU. SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Objurgação significa censura ou repreensão áspera.
Tendo o acórdão, ainda que de maneira sucinta, apresentando fundamentação suficiente à manutenção da condenação do paciente, em conformidade com o art. 93, inciso IX, da Constituição Federal, não se vislumbra o aventado constrangimento ilegal a ensejar a nulidade do

JACTÂNCIA, JACTANCIAR, JACTAR. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Jactância é substantivo feminino, que significa arrogância, vanglória, ufania, vaidade, fanfarronice.
Tanto jactanciar como jactar é demonstrar admiração ou orgulho exagerado por si mesmo ou pelo que possui. Gabar-se, ufanar-se, vangloriar-se, fazer elogios a si ou ao que

"CORRER ATRÁS DO PREJUÍZO" VOCÊ FAZ ISSO?

"Correr atrás do prejuízo" é um chavão popular.
É criticado porque, além de expressão de mau gosto, ao pé da letra as pessoas "correm do prejuízo", fogem dele (e não correm atrás do prejuízo).
Entre os professores, apartado o caráter popular da expressão, não há unanimidade. Alguns apontam a

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

AI, QUE MODORRA! MODORRA? O QUE É ISSO?

Hoje, feriado, um calor dos infernos penetrava pelos poros. Dia feriado, lia recostada. Um sono me invadiu. Até os pensamentos queriam fugir.
- Ai, que modorra! - repeti meu pai.
Modorra não é preguiça. É aquela sonolência profunda que

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

FORUM, FÓRUM, FÓRO OU FÔRO?

como se escreve
Esqueça o acento: foi utilizado apenas para indicar a pronúncia (se aberta ou fechada).
Fóro, com o "o" aberto, ou fórum, é o prédio, o lugar em que funciona a justiça, onde tramitam os processos.
Fôro, com o "o" fechado" é a...

terça-feira, 12 de novembro de 2013

ONDE, AONDE, EM QUE: QUANDO EMPREGAR? DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Onde e aonde são advérbios utilizados para indicação de lugar.
Aonde significa para onde, é a contração da preposição a com o advérbio onde e é acompanhado da ideia de movimento (verbos ir, levar, chegar). É utilizado com verbos que sugerem movimento para um lugar:
- Aonde ela vai? – quem vai, vai a

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

A TRANSFORMAÇÃO DA “ÚLTIMA FLOR DO LÁCIO” NA “ÚLTIMA ESCÓRIA DO LATIM”: O infinitivo pessoal e a aula-protesto do mestre Napoleão

Napoleão Mendes de Almeida, no aclamado Dicionário de Questões Vernáculas, discorre por sete páginas - de letras miúdas -, indignado com o tratamento dado à nossa pobre língua: “...irá reduzir a língua portuguesa no Brasil, daqui a umas duas ou três gerações, ao nível do linguajar das cozinheiras de hoje”, profetizava,  com acerto.
Já em seu tempo o “aumento de escolaridade” significava “diminuição de ensino” e “criar vagas”, “reduzir horas de escola”. O que diria da aprovação automática?
O texto remete, a certa altura e...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

"DAR A LUZ" OU "DAR À LUZ". SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Dar a luz expressa trazer para a luz. Portanto, o correto é "dar à luz" (viu o sinal de crase?)
a craseado (é assim que se fala) representa a fusão da preposição para com o artigo definido feminino a).

Mais: "dar à luz a gêmeos" ou "dar à

terça-feira, 15 de outubro de 2013

HACHURA, HACHURAR X ANCHURA

De origem francesa, hachura é o conjunto de traços equidistantes e paralelos que produzem em desenhos e gravuras o efeito do sombreado ou para representar profundidade ou desnível. De uso técnico, são utilizadas em cartas topográficas para indicar o relevo do terreno. 
Hachurar significa traçar hachuras.
Hanchura não se confunde com

CONSELHO X CONCELHO. SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Ambos os vocábulos existem e têm origem no latim (consilium e concilium): conselho e concelho.
Conselho é opinião, parecer, juízo, ensinamento. Também o corpo de pessoas superior destinado a deliberações ou consulta.
Concelho  é

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

NEC PLUS ULTRA OU NON PLUS ULTRA. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Nec plus ultra, segundo a tradição, era a locução latina inscrita nas colunas de Hércules, para indicar que elas eram os confins do mundo - ou seja, eram o limite que não deveria ser ultrapassado. Os mapas antigos exibiam marcas, assim assinalando, como limite, na navegação.

É hoje utilizada com o sentido de...

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

"HÁ QUINZE ANOS" OU "A QUINZE ANOS"

Escreve-se "há quinze anos" quando nos referimos ao passado: "O pastor foi condenado há 15 anos", ou seja, fazem quinze anos que o pastor foi condenado.
"A quinze anos" dizemos quando os "quinze anos" referem-se ao período da condenação: "O pastor foi condenado a...

terça-feira, 17 de setembro de 2013

DO VERBO "PONHAR" E POR X PÔR

ponhei, ponhaste, ponhou"Ponhar" é verbo? 
Sim, e conjuga-se: "eu ponhei", "você ponhou", "ele ponhava". 
Entretanto, não há registro nos dicionários ou no vocabulário da Academia Brasileira de Letras. Por conclusão, não existe "ponhar" em nosso idioma, considerada a linguagem registrada e formal.

Ponhar pode ser definido como regionalismo, comum no interior do estado de São Paulo e norte do Paraná.
Encontro pessoas com nível médio de cultura e bom vocabulário que

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

ABSORVIDO OU ABSOLVIDO? ABSORVER OU ABSOLVER?

Com a incorporação da Vivo, a Telefonica (absorveu ou absolveu) o passivo da empresa incorporada?
A resposta parece fácil, se você conhece o significado dos dois verbos (absorver e absolver). Entretanto, não é incomum a confusão.
Absolver é perdoar, desobrigar, julgar inocente. Não haveria, nem mesmo em sentido figurado, a possibilidade de aplicação deste verbo, no exemplo.
Absorver é...

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

CARIOCA DA GEMA; CARIOCA X FLUMINENSE; PAULISTA X PAULISTANO

carioca da gema, fluminense, paulista, paulistano
CARIOCA é o natural ou habitante da cidade do Rio de Janeiro; FLUMINENSE é o nascido no estado do Rio de Janeiro.

PAULISTA é termo relacionado a pessoa nascida ou que habita o estado de São Paulo e PAULISTANO o natural ou habitante da cidade de São Paulo.

CARIOCA DA GEMA é expressão popular utilizada para

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

PRESIDENTE OU PRESIDENTA? VOCÊ JÁ PESQUISOU ISSO? Ou critica por pura antipatia?

Embalada nas críticas, também implicava com Dilma e sua irresignação em utilizar "Presidente" para nomear seu cargo. Soava estranho, esdrúxulo.
Pesquisei. O termo "presidenta" existe, pois está registrado no vocabulário da Academia Brasileira de Letras. Assim, não é uma invenção, simples teimosia.
No site do Planalto, há a justificativa do uso da palavra "Presidenta", referindo-se ao Houaiss, que

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CONJUGAÇÃO DE VERBOS: NÃO ERRE!

Talvez a internet, meio informal e democrático de comunicação, talvez a falta de redação ou mesmo a combinação do meio com a ausência de técnica sejam o motivo para tantos erros nas conjugações dos verbos.

É também possível citar como motivo para a baixa qualidade das

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

PERCA OU PERDA? SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

perda ou perca
"Minha família teve, hoje, uma grande perca": é uma construção inadequada. 
O correto seria: "Minha família teve, hoje, uma grande perda."

É comum a confusão sobre a utilização dos termos perca e perda. 
A solução, entretanto, é simples:

Perda é substantivo que designa carência,...

terça-feira, 13 de agosto de 2013

CERRADA E CERRADO, SERRADA E SERRADO: SIGNIFICADOS E EXEMPLOS

Cerrada ou cerrado é o mesmo que fechado. Cerrar é fechar.
Porta cerrada (não trancada, mas fechada).
Janelas cerradas.
Nevoeiro cerrado (fechado, denso, espesso, compacto).

Serrada ou serrado é aquilo que foi cortado, serrado. Serrar é cortar.

Cerrado é também o segundo maior bioma brasileiro, que

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

CONCERTO X CONSERTO, CONCERTAR X CONSERTAR

imagem: wikimedia

São palavras muito parecidas e aprendemos a primeira diferença lá atrás, no início do primeiro grau. O significado das duas palavras, entretanto, é muito diferente, como ocorre, com frequência, no português.

Podemos definir conserto, com "s", como o ato de consertar, reparar, recuperar; concerto, com "c", relaciona-se a música (Assisti a um conserto de cordas). 

Concerto tem, entretanto,

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

INIMIGO OU ADVERSÁRIO?

Inimigo não é sinônimo de adversário. É mais forte. É alguém pelo qual sentimos ódio, rancor profundo, aversão. Aquele com quem se está em guerra e não simples competição.
Portanto, é

MANDINGA: GUINÉ E PATUÁ. SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Napoleão Mendes de Almeida refere-se ao termo mandinga como nome próprio, geográfico, de vasta região da costa ocidental africana. Camões refere-se a essa região, cujos habitantes eram grandes feiticeiros, adivinhos, por meio dos quais os portugueses conseguiram descobrir ouro:
A mui grande Mandinga, por cuja arte
Logramos o metal rico e luzente,
Que de curvo Gamboa as águas bebe, 
As quais o largo Atlântico recebe;
(...)
Para o Priberam, mandingas é

MALFERIDO: MUITO OU POUCO FERIDO?

Ao contrário do que parece, malferido significa ferido com muita gravidade, mortalmente, e não ligeiramente ferido.
Exemplo de Napoleão Mendes de Almeida:
"E apesar de

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. HIPÁLAGE: SIGNIFICADO, EXEMPLOS

hipálage, figura de linguagem
Figura de linguagem que consiste na transposição de sentidos das palavras, em virtude do desvirtuamento gramatical ou lógico junto a determinado substantivo. Em geral, adjetiva-se um substantivo com qualidades que naturalmente pertenceriam a outro. Eça de Queiroz é...

segunda-feira, 29 de julho de 2013

POR QUE "ÍNDIO", SE VIVEMOS NA AMÉRICA?

A denominação índio provém de um equívoco de Colombo que, ao tocar a ilha de Guanaami, pensou ter chegado às Índias.
Cinco dias depois do descobrimento da América o grande almirante consignou em seu diário o seguinte trecho que nos foi transmitido por Las Casas: "Pedro Martin Alonso Pizón, capitán de la Pinta, a cuyo bordo habia yo enviado tres de estos "índios", vino a verme..."
Apesar de ainda em vida de

domingo, 28 de julho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. PARADOXO E OXÍMORO ( OXIMORO, OXÍMORON, OXIMÓRON)

Paradoxo é a declaração que encerra uma contradição lógica, levando a um pensamento circular e, portanto, defeituoso. 
O oxímoro harmoniza, em uma expressão, conceitos opostos.
Portanto, no oximoro a contradição é aparente, pois os conceitos, opostos, harmonizam-se; no paradoxo a contradição é

sexta-feira, 26 de julho de 2013

PRÓXIMO DE, PRÓXIMO A, JUNTO DE, JUNTO A. SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Esta lição foi dada pelo professor Napoleão Mendes de Almeida:

"Essas casas ficam próximo do jardim" ou "Essas casas ficam próximas do jardim"?

Dá-se com próximo exatamente o mesmo que se faz com junto. Próximo e junto (forma participial de juntar)  podem funcionar já como...

quinta-feira, 25 de julho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM: GRADAÇÃO. SIGNIFICADO E EXEMPLOS

gradação, figuras de linguagem
Gradação a figura de estilo relacionada com a enumeração, onde são expostas determinadas idéias de forma crescente (em direção a um clímax) ou decrescente (anticlímax).
Exemplos: 
“Que a vida do vizinho e da vizinha/ Pesquisa, escuta, espreita e esquadrinha,” (Gregório de Mato, Soneto).
“Eu era pobre. Era...

terça-feira, 23 de julho de 2013

MÁCULA, MACULAR

Macular é sujar, enodoar, colocar mácula (sujeira, mancha).
Em sentido figurado, macular é infamar, macular a honra de alguém.

"Já foi comum estender, após a noite de núpcias, o lençol maculado na janela."
"Depois de maculada, sua reputação nunca mais foi a mesma."

Thanks for the comment. Feel free to comment, ask questions or criticize. A great day and a great week!
Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, Português, poemas e crônicas ("causos"): https://plus.google.com/100044718118725455450/about.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.

RATIFICAR OU RETIFICAR? SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Ratificar não se confunde com  retificar. Ratificar é confirmar, validar, autenticar.
Retificar,

PARATAXE E HIPOTAXE

figuras de linguagem, parataxe e hipotaxe, camões, roma, julio cesar
Parataxe
Numa oração, é a figura de estilo que consiste na sequência de frases simples e curtas, justapostas, sem conjunção coordenativa ou subordinação entre as orações.
A mais famosa parataxe é a célebre "Vim, vi, venci."
Também é exemplo o verso de Camões:  Rompe, corta, desfaz, abola e talha."
O oposto de parataxe é hipotaxe, que consiste 

Hipotaxe
É o oposto da parataxe. Na hipotaxe...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

SÍNCOPE OU SÍNCOPA. SIGNIFICADO E EXEMPLOS

É a eliminação de fonemas no interior de uma palavra.
Exemplos:
para - pra
ponere -

NOSCE TE IPSUM: "CONHECE-TE A TI MESMO"

"Conhece-se a ti mesmo" é a tradução latina da máxima favorita de Sócrates, que a tornou célebre. 
Nunca houve máxima mais repetida, pois encerra toda a lei moral.
Estava gravada em letras de ouro no frontispício do templo de Delfos, e foi escrita em uma reunião entre os sete sábios da Grécia antiga, segundo narram Platão, Cícero, Xenofonte e Plutarco. Filósofos e poetas diziam que

SINÉRESE E DIÉRESE

figuras de linguagem, SINÉRESE E DIÉRESE
A sinérese é a passagem de um hiato, no interior da palavra, a ditongo.
Isso ocorre quando pronunciamos ma-goa-do (o “o-a” se torna o ditongo “oa”) e pi-a-no, quando pronunciamos piã-no.


O processo inverso ocorre na diérese, quando pronunciamos o ditongo das palavras como se fossem tritongos, o que ocorre com a palavra sau-da-de, quando...

SOAR, SUAR, ASSOAR: SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

soar ou suar, suado ou soado
Soar é o mesmo que produzir som, repercutir. Também significa ecoar, retumbar.


"O sino soou" é a forma correta e tem o mesmo sentido que "O sino ecoou".
Não confundir: o sino não "coa", mas "ecoa". Para exemplificar: 
"Quando o sino soar, às 18:00h, estarei em frente ao campanário."

Suar é...

quinta-feira, 18 de julho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. ASSONÂNCIA.

figuras de linguagem, assonância, semelhança ou proximidade de sons
Assonância é a semelhança ou proximidade de sons, recurso sonoro muito utilizado em poemas e na música. Ela ocorre com o a repetição de vogais semelhantes ou iguais ou quando há a reprodução de...

quarta-feira, 17 de julho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. APÓCOPE. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

figuras de linguagem, apócope, supressão
Apócope consiste na supressão de fonema ou sílaba no fim de uma palavra.
É comum a ocorrência da apócope conforme a língua evolui, de maneira que o et, do latim, tornou-se o e, em...

FIGURAS DE LINGUAGEM. ANAGRAMA. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Anagrama vem do grego ana = "voltar" ou "repetir" + graphein = "escrever".
É a permuta das letras de uma frase ou palavra, que resulta na formação de outra frase ou palavra, utilizando todas as letras da original.
Podemos encontrar exemplos de anagrama nas palavras amor e Roma; ator e Rota; Pedro, poder e podre.
Da palavra A-M-O-R são possíveis diversos anagramas, a despeito de ser composta a palavra com apenas quatro letras: Roma, Amro, mora, oram, maro, armo, maro, mora... As possibilidades são...

domingo, 14 de julho de 2013

COMO UTILIZAR A PALAVRA "MESMO". SIGNIFICADOS, EXEMPLOS

A palavra mesmo pode ser usada como:
ADJETIVO – com o sentido de igual, idêntico: as mesmas pessoas, a mesma família etc. Também com o sentido de este, esse, aquele: do mesmo século, da mesma rua, da mesma cidade etc.
SUBSTANTIVO – com o...

USO INADEQUADO DO TERMO MESMO: “ANTES DE ENTRAR NO ELEVADOR, VERIFIQUE SE O MESMO ENCONTRA-SE PARADO NESTE ANDAR”: QUAL O PECADO DO CONTRIBUINTE PARA MERECER ISSO?

Legisladores não precisam saber bem redigir. Basta que saibam ler.
Entretanto, nada custaria que os textos passassem por revisores, para que fossem evitados erros graves como este, que inclusive divulgam a forma incorreta de se expressar, pois a plaquinha com "o mesmo" é pregada em cada elevador que utilizamos. 
O pior é que o mau exemplo foi repetido, pois a expressão obrigatória consta de legislação tanto estadual como municipal. 
Melhor teria sido a

"A NÍVEL DE: "QUE NÍVEL? SIGNIFICADO, DIFERENÇAS, EXEMPLOS

Uma das expressões mais criticadas pelos professores de redação é "a nível de"Com razão. Certas expressões, utilizadas pelos apresentadores de telejornais, caem no gosto do povo, que a reproduz como se fizesse parte da norma culta.
Pense bem: o que é "nível"?
Existe o (clique em "mais informações" para ler mais)

EXPRESSÕES EM LATIM. EXPRESSÕES CORRETAS. SIGNIFICADO, GRAFIA, ACENTUAÇÃO.

expressões latinas, dicionárioEscreva corretamente: 
aberratio ictus (erro, ou desvio do golpe);
aberratio personae (erro de pessoa);
aberratio rei (erro da coisa);
a contrario sensu (pela razão contrária);
actio empti, ou actio ex empto (ação do comprador);
ad corpus e ad mensuram (por corpo e por medida); 
ad causam (para a causa);
abusus non tollit usum (o abuso não tira o uso);
animus (ânimo, intenção, vontade);
animus adiuvandi (intenção de ajudar);
animus acquirendi ou...

quarta-feira, 10 de julho de 2013

INEXTRICÁVEL. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Enredado, enlaçado, emaranhado, que não é possível separar ou distinguir.
Em sentido figurado, o que é

QUAL A DIFERENÇA ENTRE RUBRICA, VISTO E ASSINATURA? QUANDO SE RUBRICA E QUANDO SE ASSINA UM DOCUMENTO?

qual a diferença entre visto, rubrica e assinatura

Assinatura é uma marca gráfica que imprimimos em documentos. Pode ser demonstrada pelo nome da pessoa, escrito por extenso, ou ser apenas um sinal diferenciado, criado e mantido pelo subscritor. Tal sinal, ainda que não se possa identificar, representa o nome do signatário.

Rubrica (não rúbrica) ou visto é uma...

CUSPE OU GUSPE? CUSPIR OU GUSPIR?

norma culta, flor, fror, fazeno, fazendo, popular, ponhar, cuspida, guspida     Cuspe ou cuspo são as formas aceitáveis. 

     Guspe ou guspir são variantes populares, tão aceitáveis como fror, em lugar de flor, ou fazeno, como fazendo.

     Na norma culta escreve-se...

terça-feira, 9 de julho de 2013

ABREVIATURAS MAIS USADAS NO FORO

abreviaturas
Abreviatura é a representação de uma palavra através de suas sílabas - em geral as iniciais - ou letras (a propósito de abreviaturas, abreviações e siglas, leia http://gramaticaequestoesvernaculas.blogspot.com.br/2013/07/abreviacao-abreviatura-e-sigla.html.) 

A seguir, um pequeno elenco das abreviaturas mais utilizadas no foro.
A. - atuada e Autor
AC. - acórdão
AG. - agravo
AL. - alínea
ALQ. - alqueire (*)
AP. - apud
AP. - apelação, apenso
AR. - autuada e registrada
ART. - artigo
BEL. - bacharel. O vocabulário da

ABREVIAÇÃO, ABREVIATURA E SIGLA. SIGNIFICADOS, DIFERENÇAS E EXEMPLOS

diferença entre abreviação, abreviatura e sigla
Abreviações, abreviaturas e siglas não se confundem, pois têm significados diferentes.
Abreviação é a forma reduzida da palavra, sem prejuízo ao entendimento. 
Por exemplo:
Pneu – pneumático
Cine – cinema
Moto – motocicleta
Micro – microcomputador
Fone – telefone
Foto – fotografia

Abreviatura é a...

ESPONTÂNEO OU EXPONTÂNEO?

espontâneo ou expontâneo?
Escreve-se espontâneo, com "S".

Espontâneo é adjetivo que vem do latim, spontaneus
É aquilo feito naturalmente, sem que se seja forçado ou aconselhado a fazê-lo. O feito ou dito livremente.
O que se realiza por si, sem causa...

FIGURAS DE LINGUAGEM. COMPARAÇÃO

É a aproximação de duas palavras ou idéias com a conjunção comparativa expressa.
Exemplo: 
O sol como fogueira refulge no horizonte.
O sol tal fogueira refulge no horizonte
O sol qual fogueira refulge no horizonte
O sol tal qual fogueira refulge no horizonte
As comparações devem ser originais. Devem ser evitadas as frases feitas que, como "clichês" ou "lugares comuns", são...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

EPANORTOSE. FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. SIGNIFICADO, EXEMPLOS

A epanortose ocorre quando se figura arrepender do que se disse. O enunciador intencionalmente anula, modifica ou corrige, aquilo que disse anteriormente, como nos exemplos:
Mas para que

segunda-feira, 1 de julho de 2013

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. PROSOPOPÉ...

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. PROSOPOPÉ...: A prosopopéia atribui vida, sentimento e razão  a seres destituídos destas qualidades. Como exemplo: Os altos promontórios o choraram (Cam...

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. PROSOPOPÉIA OU PERSONIFICAÇÃO

A prosopopéia atribui vida, sentimento e razão  a seres destituídos destas qualidades.
Como exemplo:
Os altos promontórios o choraram (Camões)
Hão de chorar por ela os cinamomos. (A. Guimarães)
Vestia-se ela de cores gritantes.
A casa, de cores

sábado, 29 de junho de 2013

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. APÓSTROFE...

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. APÓSTROFE...: A apóstrofe é uma figura de linguagem que ocorre quando nos dirigimos diretamente a pessoas ou coisas personificadas, presentes ou ausentes....

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. APÓSTROFE.

A apóstrofe é uma figura de linguagem que ocorre quando nos dirigimos diretamente a pessoas ou coisas personificadas, presentes ou ausentes. É a evocação de certas entidades, em discurso cujo sentido seja poético, sagrado ou profano 
É comum na poesia, em orações e textos religiosos e políticos.

Exemplo: 
Ó tu, guarda divina, tem cuidado de quem sem ti não pode ser guardado. (Camões)
Pai Nosso, que estais no céu,
Ave Maria, cheia de graça, 
Ó, Senhor, não me abandone!
Olha, Marília, as flautas dos pastores... (Bocage)
Povo de Sucupira!
Meninos, eu vi!...

quinta-feira, 27 de junho de 2013

SOBRE O LATIM E COMO GRAFÁ-LO: ASPAS OU ITÁLICO?

como destacar o latim: aspas, grifo ou itálico?
Esta foi aprendida da professora Débora Vanessa Caús Brandão, nos idos de 2006. Aliás, um memorável 4 de março de 2006.
Estávamos no primeiro bimestre da disciplina "Direito das Coisas" e a mestre nos brindou com o conhecimento que lhe foi legado na pós graduação: As aspas são reservadas às palavras estrangeiras.
Nossa língua-mãe é o latim. Se é língua-mãe, nós devemos conhecê-la. É uma presunção.
Portanto,...

quarta-feira, 26 de junho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. EUFEMISMO

O eufemismo exprime com palavras belas ou mais amenas idéias desagradáveis, trágicas ou torpes, com a finalidade de suavizar a expressão.
Usado em expressões populares, é uma espécie de ironia, pois atende um caráter cômico.
Exemplos:
De tal maneira se houve no estábulo que se apresentou à mesa muito longe de estar cheiroso. (A.D.S.Brito)
Ela não é tão feia (ao invés de ela não é bonita).
Fred partiu (em lugar de ele morreu).
Jonas faltou com a verdade (no lugar de mentiu).

Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

ANTÍFRASE. FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE.

É a ironia que exprime idéias tristes e fúnebres com palavras de bom agouro.
Seria um eufemismo levado ao extremo, pois o sentido das palavras é invertido.

Exemplo:
Cabo de Boa Esperança, chamou Dom João II o Cabo das Tormentas.

Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. SARCASMO

É uma ironia insultante e escarnecedora.
Exemplos:
Dizer a um mendigo roto e esfaimado: "Vais a alguma festa no palácio real?" 
Na oratória forense, é considerada deselegante.

Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

APANIGUADO: SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Apaniguado significa protegido, apadrinhado.
Adjetivo, veio do espanhol apaniguar, ou seja, proporcionar alimento.
Em sentido contrário...

terça-feira, 25 de junho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. CORREÇÃO.

Consiste em corrigir para realçar a expressão.
Exemplos:
Dom Pedro, digo mal, o Príncipe Regente, proclamou a independência.
Ele mentiu, ou melhor, ludibriou-a acintosamente. 

Comente, divulgue, assine. Será sempre bem recebido!
Conheça mais.

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. PRETERIÇÃO.

Preterição consiste em deixar de afirmar aparentemente o que na realidade se afirma.

Exemplos: 
Deixo, deuses, atrás a fama...

quinta-feira, 20 de junho de 2013

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. JOGUETES ...

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. JOGUETES ...: Antanáclese, paranomásia, paronomásia, calembur, calemburgo (do francês, calembourg) ou trocadilho é a figura de linguagem em que a mesma p...

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. JOGUETES DE PALAVRAS, CALEMBUR E ANTANÁCLESE, PARANOMÁSIA OU TROCADILHO

Antanáclese, paranomásia, paronomásia, calembur, calemburgo (do francês, calembourg) ou trocadilho
Antanáclese, paranomásia, paronomásia, calembur, calemburgo (do francês, calembourg) ou trocadilho é a figura de linguagem em que a mesma palavra, ou palavra de som mais ou menos parecido, é repetida, no plano do significante, sendo ela usada com significados diferentes. Ou seja, uma mesma palavra (ou palavras semelhantes) é utilizada em frase ou...

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. ONOMATOPÉIA

figuras de linguagem: onomatopéia
Onomatopéia é a combinação de sons que procura evocar o objeto a que se refere. O som é reproduzido por um fonema ou palavra, de maneira que é criada a representação gráfica desse som. É, pois, um dos processos morfológicos de criação de novas palavras.
São exemplos de onomatopéia zás, pimba, tic-tac, miau, piu-piu, pum, pimba, atchim!, bang, nhac!, tchibum.
Há muitas palavras que...

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE SOM. ALITERAÇÃO.

Aliteração é a repetição ordenada de sons consonantais idênticos ou semelhantes, em um verso ou em uma frase. Recurso muito utilizado na música e na poesia, não está restrito, apenas, a tais artes, pois pode ser também empregada em prosa, pois pode, se bem utilizada, valorizar um texto.


Exemplos: 
O rato roeu a roupa do rei de Roma e a rainha de raiva roeu o resto. (r)

Vovó viu a uva. (v)

Vozes veladas,

terça-feira, 18 de junho de 2013

maria da glória perez delgado sanches: PASSEATA CONTRA A BANDALHEIRA E PREOCUPAÇÕES EM CA...

maria da glória perez delgado sanches: PASSEATA CONTRA A BANDALHEIRA E PREOCUPAÇÕES EM CA...: imagem: estadão Segunda-feira, 17 de junho de 2013. Passeata contra o alto custo da Copa do Mundo no Brasil (inicialmente as manifest...

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. QUIASMO

GRAMÁTICA E QUESTÕES VERNÁCULAS: FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. QUIASMO: Neste grupo estão separadas figuras que pretendem dar maior expressão ao pensamento. São exemplos o quiasmo, a onomatopéia, o joguete de pa...

FIGURAS DE LINGUAGEM. FIGURAS DE REALCE. QUIASMO

Neste grupo estão separadas figuras que pretendem dar maior expressão ao pensamento. São exemplos o quiasmo, a onomatopeia, o joguete de palavras, o calembur, o trocadilho, a antítese (ou entimena), a preterição, a correção, a ironia, o sarcasmo, a antífrase, o eufemismo, a apóstrofe, a prosopopeia ou personificação e a epanortose. São figuras que...

sexta-feira, 14 de junho de 2013

ESTORNAR OU EXTORNAR?

extornar ou estornar?
Escreve-se estornar e não extornar.
O verbo estornar significa retificar um lançamento ou conta, anulando-a.

Exemplos:
O banco estornou o depósito indevido...

quarta-feira, 5 de junho de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. TROPOS. METONÍMIA E SINÉDOQUE

FIGURAS DE LINGUAGEM. TROPOS. METONÍMIA E SINÉDOQUE
Nos tropos metonímia e sinédoque há entre os termos relação real e direta, caracterizado pela proximidade, de forma objetiva.
A figura é uma sinédoque quando a relação entre os termos é quantitativa: o significado da palavra é reduzido ou alargado pelo emprego da figura de linguagem: a parte pelo todo, o singular pelo plural, o gênero pela espécie, o particular pelo geral (ou vice-versa).
A figura de linguagem será metonímia se a relação entre os termos é qualitativa, como...

FIGURAS DE LINGUAGEM. TROPOS. METÁFORA

A metáfora é um tropo dos mais usados. É uma palavra ou expressão que estabelece uma identidade entre duas palavras (ou expressões) diferentes, com base em um ponto de semelhança subentendido.
A fórmula mais simples de metáfora é A + B. Por exemplo:  As ruas (A) são artérias. 
Deste ponto pode-se partir para a fórmula A + B, como no exemplo "As artérias da cidade."
Não há regras específicas para se estabelecer a semelhança. Tomo ruas por artérias, considerando o sistema circulatório, e nomino ruas, comparando-as às artérias.
A metáfora produz

quarta-feira, 29 de maio de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM: TROPOS

Tropos são figuras que transladam as palavras de sua significação própria para outra, por semelhança ou extensão. Em grego Tropo significa volta, porque faz mudar o sentido das palavras. Os principais tropos são metáfora, metonímia e sinédoque.

Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, Português, poemas e crônicas ("causos"): http://www.blogger.com/profile/14087164358419572567.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.


FIGURAS DE LINGUAGEM. ANAMNESE

Anamnese é figura de linguagem por omissão. Consiste em recordar-se, de repente, o que fingidamente se esqueceu.
Exemplos:
Agora o

terça-feira, 28 de maio de 2013

FIGURAS DE LINGUAGEM. POLIPTÓTON OU POLIPTOTO

É a repetição da mesma palavra em diferentes funções sintáticas.
Exemplos:
As águas

FIGURAS DE LINGUAGEM. SINONÍMIA

sinonímia, figuras de linguagem
É a repetição da mesma ideia por meio de sinônimos.
Exemplos:
Em se tratando de...

FIGURAS DE LINGUAGEM. PAREGMEON OU DERIVAÇÃO

É a repetição de palavras em gênero, número, grau, modo, tempo e pessoa diferentes.
Exemplos:
Rubro estava

FIGURAS DE LINGUAGEM: CLÍMAX

clímax, figuras de linguagem
Clímax é a repetição de palavras para estabelecer uma gradação.
Exemplos: 
Onde o bom exemplo...

FIGURAS DE LINGUAGEM: ANTANÁCLASE

É a repetição de homônimos perfeitos, a saber palavras com a mesma grafia e pronúncia, porém, com significações diferentes.
Exemplos:
Era um gênio

FIGURAS DE LINGUAGEM: SIMPLOCE

É a repetição das mesmas palavras no princípio e no fim de várias orações. Figura formada pela anáfora e pela epístrofe.
Exemplo:
Que faz o lavrador na terra, cortando-a com o arado, cavando, regando, molhando, semeando? Busca pão.
Que faz

FIGURAS DE LINGUAGEM: PLOCE

É a repetição de palavras correspondendo às palavras do meio de uma oração às do princípio ou fim de outras.
Exemplos:
Porque Senhor, do caos tumultuário
Tão vela e esperançosa ergueste a vida,
Se ao pé da vida colocaste a morte?
(Garret)

Não se engana

FIGURAS DE LINGUAGEM: PÂNADOS

É a repetição de duas ou mais palavras anteriormente juntas, explicando-se o sentido delas.
Exemplos:
Admirável foi David na harpa e na funda: com a harpa afugentava os demônios, com a funda derrubava gigantes. (Vieira)
A prudência é filha do tempo e da razão: da razão pelo discurso, do tempo pela experiência. (Vieira)
Demophoon, ventis et verba et vela dedisti; vela queror reditu; verba carere fido. (Ovídio)

Conheça mais. Faça uma visita aos blogs disponíveis no perfil: artigos e anotações sobre questões de Direito, Português, poemas e crônicas ("causos"): http://www.blogger.com/profile/14087164358419572567.
Esteja à vontade para perguntar, comentar ou criticar.

Maria da Glória Perez Delgado Sanches
Membro Correspondente da ACLAC – Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo, RJ.


quarta-feira, 1 de maio de 2013

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. Sujeitos ligados por COMO, ASSIM COMO, TANTO COMO, DO MESMO MODO QUE etc.


Se as expressões têm função subordinativa, o verbo vai para o singular; se tiverem função aditiva (conjunção E), vai para o plural.
Exemplos:
O Juiz como o advogado é fiscal do processo.
Evidencia que há uma oração subordinada ligada por COMO: O Juiz é fiscal do processo, como o advogado é fiscal do processo.
Tanto o Direito Civil como o Direito Penal é direito substantivo.
O pai do mesmo modo que...

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. SUJEITO LIGADO POR "OU".


Se indicar exclusão ou sinonímia, o verbo fica no singular; se indicar participação dos elementos ou antinomia (idéias contrárias), vai o verbo para o plural.
Exemplos:
O autor ou o réu ganhará a ação (exclusão).
O presidente ou  diretor da empresa prestará depoimento. (Observe que presidente e diretor estão por sinônimos.)
O choro ou o riso são próprios do homem (antinomia).
Uma fagulha, ou...

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. SUJEITO LIGADO POR NEM.


Se a idéia se refere apenas a um dos elementos, o verbo fica no singular; se se refere a ambos, vai o verbo para o plural.
Exemplos:
Nem pai nem filho receberá a herança. (Há a exclusão de um deles). A herança só poderia ser recebida por um deles; no entanto, nenhum recebe.)
Nem o irmão mais novo nem a irmã mais velha receberão a herança. (A idéia do verbo refere-se aos dois. Esse NEM

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. SUJEITO COM IDÉIA DE PREÇO, MEDIDA OU QUANTIDADE


O verbo permanece no singular.
Exemplos:
Seis metros é pouca frente. 
Duzentos mil

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. NOMES PRÓPRIOS


Nomes próprios precedidos de artigo levam o verbo para o plural; sem o artigo o verbo fica no singular.
Exemplos:
Os Estados Unidos são uma democracia.
Estados Unidos é ...

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. EXPRESSÕES FRACIONÁRIAS INFERIORES A DUAS UNIDADES


O verbo somente vai ao plural a partir de duas unidades. Enquanto se referir  a expressão menor do que dois, permanecerá no singular.
Exemplos: 
Um e meio (1 1/2) é o bastante.
Um e

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA: O RELATIVO QUEM


O relativo QUEM leva o verbo para a 3ª pessoa do singular. 
Exemplos: 
São as testemunhas quem afirma o fato.
Sou eu
És tu
É ele                            quem alega.
Somos nós
Sois vós
São eles

OBSERVAÇÃO: 

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. PALAVRA SUBENTENDIDA


A concordância do adjetivo, particípio ou pronome se faz com a palavra subentendida.
Exemplo: 
Testemunha (pode ser ele ou ela) mentiroso ou mentirosa.
Vítima (ele ou ela) caído ou

SINTAXE DE CONCORDÂNCIA. EXPRESSÕES DE TRATAMENTO

NOTA:
Sintaxe é a parte da gramática que estuda a palavra em relação às outras, na frase, para expressão do pensamento. O termo era usado na terminologia militar para significar um determinado agrupamento de soldados. Apolinio Discolo (sec. II d.C.) empregou-a, conquanto de maneira rudimentar, para o estudo das relações das palavras na frase. E o seu conceito tem, essencialmente, permanecido para o termo.

Sintaxe de concordância
Expressões de tratamento.
O adjetivo ou particípio passado concorda com o sexo da pessoa a que se refere a expressão.
Exemplos:

segunda-feira, 22 de abril de 2013

LEGISLAÇÃO ACERCA DE ABREVIATURAS

As abreviaturas e siglas seguem, por lei, diversas normas:

a) Nas abreviaturas de medidas, as principais são:
1. "O símbolo de qualquer unidade de medida deve vir desacompanhado de ponto (.) e do S."
Portanto, escrevo 20 m, e não 20 ms; 10 kg, e não 10 kgs; 15 l, e não 15 ls.
2. "Os símbolos das unidades de medida devem ser escritos na mesma linha horizontal (mesmo alinhamento) em que vier o número de unidade e não sob forma de expoente."
Exemplos:  11h15m, 132 cm.
OBS.: Excetuam-se as unidades de temperatura e as de ângulo: 15º 12' 100", 45º.
3. "Quando o valor numérico de uma grandeza apresentar parte fracionária o símbolo da unidade respectiva deve ser escrito em seguida à parte fracionária."
Exemplificando: 10,5 m (Portaria de 6-8-1965 do I.N.P.M. de acordo com o Art. 1º e § 3º do Decreto-lei nº 592 de 4-8-1938).

b) As abreviaturas

POR ORA OU POR HORA?



POR ORA significa por enquanto, por agora, no momento, atualmente. 
Por ora não pretendo viajar, pois tenho muitos compromissos.
Por ora não poderei atendê-lo.

POR HORA relaciona-se a tempo: a cada sessenta minutos, por...

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog