VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

PARTICIPE TAMBÉM DESTE SITE!

MAIS DE 1.870.000 ACESSOS. Muito obrigada, de coração!

ESTE É UM DOS MELHORES E MAIORES BLOGS DE PORTUGUÊS

segunda-feira, 2 de julho de 2012

LOCUÇÕES

À BEÇA
No "Dicionário de Questões Vernáculas" o professor Napoleão Mendes de Almeida comenta a locução.
À beça significa muito, em grande quantidade, em grande cópia, à bruta. É substantivo de gíria e só se emprega nessa locução, que se encontra no vocabulário oficial de Portugal e no do Brasil, Exemplos: 
O panetone de Maria é bom à beça. Significa dizer: O panetone de Maria é muito bom.
Veja o filme novo desse diretor. É bom à beça. Ou seja: Veja o filme novo desse diretor. É muito bom.


A FIM DE X AFIM
Napoleão Mendes de Almeida comenta na mesma obra o mau uso da locução prepositiva "a fim de". Escreve-se com os elementos separados e não se confunde com afim, adjetivo que significa próximo, aderente, conexo.
É um despropósito dizer: "Estou a fim de ir a festa de Marlene." Isto porque apesar de "a fim de" equivaler a "para", tem o significado de "com o fim de", como é o caso de "saiu para tomar ar" (com o propósito de).
Digo, pois, "Joana trabalho duramente a fim de obter a promoção ora alcançada" (com o propósito de, com o intento de, almejando a).
Quanto ao adjetivo afim, significa análogo, idêntico, semelhante, em oposição a diferente, distinto, oposto. Também é utilizado - ainda como adjetivo - no caso de parentesco por afinidade e com o significado de partidário, amigo - neste último caso, na qualidade de substantivo. Tanto na qualidade de adjetivo como na de adjetivo, afim admite a forma plural afins.
Dessa maneira, é correto dizer.
Eles são almas afins.
O Decreto nº 21.688 /2000, do Distrito Federal, em seu art. 24 , § 2º , veda a participação de cônjuge ou de parente de candidato, consangüíneo ou afim, até o terceiro grau, inclusive. 


A DURAS PENAS
Locução que significa "com grande dificuldade", "enfrentando grandes obstáculos", "com muito sacrifício".
A duras penas conseguiu formar-se em medicina.
Criou o seu filho sozinha, a duras penas.


E POUCO, E TANTO
As duas locuções associam-se a uma unidade de medida, oficial ou não: dia, hora, ano, quilo, etc., traduzindo uma aproximação indefinida para menos ou para mais:
Comprei dois quilos e pouco de tomates (pouco mais do que dois quilos).
Comprei dois quilos e tanto de tomates (quase três quilos).
Ela carregou três cestos e pouco de flores (pouco mais do que três cestos).
Ela carregou três cestos e pouco de flores (quase quatro cestos completos).
Cheguei em casa às três e pouco (três horas e cinco minutos, três horas e quinze minutos, três horas e vinte minutos). 

PRONOME: DEFINIÇÃO, ESPÉCIES. PESSOAIS, DE TRATAMENTO, POSSESSIVOS, DEMONSTRATIVOS, INDEFINIDOS, INTERROGATIVOS, RELATIVOS, SUBSTANTIVOS E ADJETIVOS

O que é pronome, classificação dos pronomes, espécies. É a palavra variável que substitui o nome ou a ele se refere como pessoa do discurso: Alguém mandou flores em meu nome e ela nem quis vê-las.

ESPÉCIES DE PRONOMES

pessoais
possessivos
demonstrativos
indefinidos
interrogativos
relativos

PESSOAIS

Referem-se às pessoas do discurso. Podem ser...

BASTANTE

Já tenho o bastante. Aquela menina é bastante bonita. Aquela menina é bonita o bastante. Comi o bastante. Sai da casa dela bastante satisfeita. Hoje andamos bastante. 
Em regra, bastante significa "o que satisfaz". É adjetivo formado pelo verbo bastar mais o sufixo ante). Assim, bastante não é muito nem pouco. É... bastante, satisfatório. Aquilo que basta.
Por exceção, bastante pode significar grande quantidade ou intensidade. Entretanto, ainda neste caso, o "muito" diferencia de "pouco": Está bastante calor. Fiquei bastante satisfeita. 

ADJETIVO

Adjetivos: classificação, plural, comparativo, locução adjetiva, adjetivo pátrio, superlativo
É a palavra que acompanha o substantivo, denotando qualidade, propriedade ou estado do ser.
Divide-se em:
explicativo - qualidade essencial, inerente ao ser: água mole, pedra dura, homem mortal, cientista falível.
restritivo - designa qualidade ou propriedade acidental do ser: água...

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog