VEM PRO GOOGLE

VOCÊ ENCONTROU O QUE QUERIA? PESQUISE. Nas guias está a matéria que interessa a você.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.

TENTE OUTRA VEZ. É só digitar a palavra-chave.
GUIAS (OU ABAS): 'este blog', 'blogs interessantes', 'só direito', 'anotações', 'anotando e pesquisando', 'mais blogs'.

PARTICIPE TAMBÉM DESTE SITE!

MAIS DE 2.000.000 ACESSOS. Muito obrigada, de coração!

ESTE É UM DOS MELHORES E MAIORES BLOGS DE PORTUGUÊS

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

PAULISTA OU PAULISTANO. QUEM NASCE EM SÃO PAULO É...

PAULISTA OU PAULISTANO. QUEM NASCE EM SÃO PAULO É...
Adjetivos gentílicos ou adjetivos pátrios são aqueles que indicam origem ou nacionalidade. Qual a resposta a "Quem nasce em São Paulo é..."?

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

ELE ENGASGOU COM O ESPINHO DO PEIXE. PEIXE TEM ESPINHO?

Espinha ou espinho de peixe. EngasgarO que é um espinho? Espinho é a ponta saliente do corpo de certas plantas, aguda e picante. Uma farpa de madeira também é chamada espinho, assim como o invólucro que recobre determinados animais. Exemplos são o ouriço-do-mar e...

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

DÓLO OU DÔLO: COMO SE FALA?

Há tempos publiquei uma matéria em "CAUSOS": COLEGAS, AMIGOS, PROFESSORES e no Recanto das Letras que deu o que falar (rende até hoje): o texto que alude a uma passagem em que fui corrigida, no início do curso de Direito. Admiti meu erro na faculdade, aprendi a pronúncia correta, consultei...

CONCORDÂNCIA VERBAL: VERBO HAVER

CONCORDÂNCIA VERBAL: VERBO HAVER. PESSOAL E IMPESSOAL
O verbo HAVER, no sentido de "existir", “ocorrer” ou “tempo decorrido”, é impessoal. Impessoal significa sem sujeito na oração; portanto, só pode ser usado no singular. Esta é uma curva muito perigosa. Houve muitos...

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

DUPLA GRAFIA: BÊBEDO OU BÊBADO, ENFARTE OU ENFARTO?

aluguel ou aluguer, bebedo ou bebado, assobiar ou assoviar, cota ou quota
A padronização da língua leva a uma generalização estigmadora de variantes que fazem parte de nosso vocabulário e estão incluídas na norma culta. Não é o caso, por exemplo, de imbigo e umbigo. Aproveitando o exemplo podemos citar embigo, que existe, é parte do...

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"SENHOR" É PRONOME DE TRATAMENTO?


pronomes de tratamento. você e senhor
"Bom dia! Gostaria de fazer um comentário e uma pergunta. "General do Exército" é uma redundância, mas se a grafia for "General de Exército" não, porque existem 3 patentes de General: General de Brigada, General de Divisão e General de Exército. Quanto à...

SERVO OU CERVO?

Servo ou cervo? Como se escreve?
Depende. As duas palavras existem no português, mas têm significados diferentes. Servo, com "S", é a pessoa ligada a uma gleba, que não pode dispor de si - portanto, não é livre -, pois obedece a um senhor; tem ainda a acepção...

terça-feira, 12 de setembro de 2017

QUAL O PLURAL DE GOL?

O plural de gol é gols, goles, gois, golos?A palavra gol é um estrangeirismo - para muitos, um barbarismo -, palavra que imita o original inglês goalO plural usual de gol (gols) é também uma forma de imitar o inglês (goals), o que foge... 

MAIZENA OU MAISENA? Escreve-se com "z" ou "s"?

Maisena ou maizena: com s ou com z?
Você sabe como se escreve: maizena ou maisena? Se sua resposta é maizena, com "z" pode ter acertado ou errado, assim também se afirmou que o certo é...

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

domingo, 27 de agosto de 2017

QUAL O PLURAL DE GEL? COMO FORMAR O PLURAL DAS PALAVRAS TERMINADAS EM "L"?

Plural das palavras terminadas com L: projetil, reptil, reptis, projetis
A palavra gel admite os plurais géis e geles, por isso o plural é considerado abundanteComo gel, outras palavras também têm plural abundante, como é o caso daquelas terminadas em "l", como: mel - méis...

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

SUPERSALÁRIO, SUPER-HOMEM, SUPERDOSAGEM: COM OU SEM HÍFEN?

Aprenda: com ou sem hífen?

















Uma regra para você não errar nunca mais. Escreve-se com hífen ou sem? Com dois "SS" ou somente um? Como você escreve: super-salário, supersalário ou superssálário? O Acordo Ortográfico não alterou a...

segunda-feira, 10 de julho de 2017

REQUIS, REQUERIU, REQUEREU: QUAL A FORMA CORRETA?

Quando surge dúvida na conjugação de um verbo, logo procuramos outro, semelhante, o que ocorre com frequência com os verbos requerer e querer, pois seria o primeiro (requerer), derivado por prefixação do segundo (querer). Seria, porque apesar da semelhança, a...

quinta-feira, 6 de julho de 2017

DESPENDER OU DISPENDER?

Como se escreve: dispender ou despenderDespender significa gastar, consumir, empregar, desembolsar - tempo, dinheiro, coisas - e escreve-se com “e”, não com “i”. 

OBSERVAÇÕES:
1. Dispêndio e dispendioso escrevem-se com "i". 
2. Despensa (copa ou o lugar onde se guardam alimentos) escreve-se com...

quinta-feira, 22 de junho de 2017

COMO SE FALA: FÊCHE A PORTA OU FÉCHE A PORTA?

Atenda o telefone, por favor, enquanto fecho a porta. Feche a bolsa, para não atrair ladrões. São Paulo, conhecida pela pronúncia fechada das vogais, guarda um regionalismo curioso: os nativos...

terça-feira, 6 de junho de 2017

PS, P.S., O POST SCRIPTUM

Você sabe o significado do termo P.S., sempre visto em correspondências?

P.S. é abreviatura da expressão latina post scriptum, que significa "depois da 
escrita", ou seja, aquilo que se lembrou de escrever depois de ter...

segunda-feira, 22 de maio de 2017

PAGA PAU, PAGAR PAU: O QUE É ISSO?

paga pau, paga mico, paga o pato
Depois do expediente, pizzaria.
Lá pelas tantas, a Silvia diz: "Eu pago o maior pau pelo Dr. ..." E vocês?
Eu respondo que não pago pau por ninguém, não.

Mais tarde, ouvindo Luan Santana cantar Paga Pau, de Fernando e Sorocaba, penso que era hora de saber o significado da...

terça-feira, 9 de maio de 2017

IMBIGO OU UMBIGO?

imbigo ou umbigo: como se escreve, como se fala?
Não diga que jamais teve essa dúvida, nem quando era criança e seu pai (ou mãe ou professor) o corrigiu.
O certo é umbigo, com "U". Imbigo não existe.
Mas existe embigo, com "E", que...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

SOBRANCELHA OU SOMBRANCELHA?

O certo é sobrancelha, sem o "m". Sombrancelha não existe.
Dizer ou escrever "sombrancelha" é errado, mas o erro é comum. O Google que não me deixa mentir.
Basta uma pesquisada no site de busca para conferir. Exemplos não faltam.
O que não significa que escrever...

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

CABELEREIRO OU CABELEIREIRO? PARECE FÁCIL?

Cabelereiro não existe. O correto é cabeleireiro.
Pronto? É só isso? 
Não. No vocabulário da Academia Brasileira de Letras, no dicionários, não existe a forma cabelereiro. Portanto, o termo não existe. 
Entretanto, se você digitar a palavra no Google, obterá milhões de resultados.
Isso porque associamos a profissão ao elemento cabelo. E se o profissional...

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

domingo, 5 de fevereiro de 2017

BERINGELA, BELINGELA, BERINJELA OU BELINJELA? VOCÊ SABE A FORMA CORRETA?

Tudo depende de onde você mora.

Na dúvida, a primeira opção de pesquisa é o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP), da Academia Brasileira de Letras (ABL): se faz parte da nossa língua, está lá. 
Entretanto, a coisa com a beringela-berinjela-belingela-beringela não é tão ...

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

"TEM HAVER" OU "TEM A VER": QUAL A DIFERENÇA, EXEMPLOS

"Deus nada tem haver com isso, acredito, que Deus chora em decorrência da ignorância e da perversidade de alguns que se dizem seres humanos."

"TER HAVER" OU "TER A VER": QUAL A DIFERENÇA?

Se você sabe a resposta, a frase acima exemplifica o mau uso. Ficou esquisito, não é?

A confusão se dá porque haver e a ver são homófonas e parônimas: palavras ...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

PUDIBUNDA, PUDIBUNDO. SABE O QUE É? SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Pudibunda é a pessoa pudica, que se envergonha ou cora com facilidade. 

Se o rubor tiver outra origem que não o pudor, a vergonha (uso de maquiagem ou ...

BUNGINGANGA OU BUGINGANGA? DIFERENÇA, SIGNIFICADO, EXEMPLOS

Nem bunginganga, nem buginganga. Escreve-se bugiganga, com um "n" só.

A propósito, bugiganga é a quinquilharia, o objeto de pouco valor.

Vamos aos exemplos?

Rua 25 de Março: lugar de comprar bugiganga.


Você também é viciada ...

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.

DÊ UMA CHANCE PARA SEUS SONHOS. DA CIDADE GRANDE PARA A CASA NA PRAIA, COM UM GRAAAAAANDE TERRENO.
Ser feliz é uma opção e você é livre para viver a vida. Escolha seu sonho. Vale a pena.

QUEM SOU EU

Minha foto

Da capital, já morei entre verde e bichos, na lida com animais e plantas: anos de injeção, espinho de ouriço, berne, parto de égua e curva de nível, viveiros, mudas, onde encontrei tempo para lecionar inglês, alfabetizar adultos e ler livros, na solidão do mato. 

Paixões se sucederam e convivem até hoje: Contabilidade, Economia, Arquitetura (IMES, MACK), a chácara e, afinal, o Direito (FDSBC, cursos e pós graduações). No Judiciário desde 2005, planto, replanto, reciclo, quebro paredes, reconstruo, estudo, escrevo e poetizo, ao som de passarinhos, que cantam nossa liberdade.

Não sou da cidade, tampouco do campo. Aprendiz, tento captar o que a vida oferece, para que o amanhã seja melhor. Um mundo melhor, sempre.

Agora em uma cidade mágica, em uma casa mágica, na qual as coisas se transformam e ganham vida; mais e mais vida. Minha cidade-praia-paraíso, Itanhaém.

Nesta casa de espaços amplos e um belo quintal, que jamais é a mesma do dia anterior, do minuto anterior (pois a natureza cuida do renovar a cada instante o viço, as cores, flores, aromas e sabores) retomei o gosto pelo verde, por releituras de espaços e coisas. Nela planto o que seja bom de comer ou de ver (ou deixo plantado o que Deus me trouxe), colho, podo, cozinho os frutos da terra, preparo conservas e invento pratos de combinações inusitadas, planejo, crio, invento, pinto e bordo... sonho. As ideias brotam como os rebentos e a vida mostra-se viva, pulsante.

Aqui, em paz, retomo o fazer miniaturas, componho terrários que encantam, mensagens de carinho representadas em pequenas e delicadas obras. 

Muito prazer! Fique à vontade, passeie um pouco: questões de Direito, português, crônicas ("causos"), jardinagem e artesanato. Uma receita, uma experiência nova, um redescobrir. 

Pergunte, comente, critique, ok? A casa é sua e seu comentário será sempre bem-vindo.

Maria da Gloria Perez Delgado Sanches

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

MARQUINHOS, NOSSAS ROSAS ESTÃO AQUI: FICARAM LINDAS!

Arquivo do blog